sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Mônica de mini.


Mônica Barros, do Rio, também é mignon. E ficou linda com a saia Alexandre Herchcovitch. Mandou até um texto sensacional descrevendo as novas peripécias da minha ex-saia. Acho que essa saia tava precisando mesmo viajar, respirar novos ares. É sua com merecimento, querida Mônica.

"Cris, achei que você ia gostar de ter notícias da sua sainha. Ela chegou bem ao Rio, embrulhadinha numa caixa que trazia escrito à mão o nome de um remetente que só pela letra já vemos se tratar de alguém muito doce. Chegando à Cidade Maravilhosa, logo a saia ficou toda... saidinha! Não quis ficar muito tempo quietinha dentro do armário. Quis ir passear para conhecer as redondezas. Como ela veio de Minas, pensou: qual programa melhor do que caminhar no calçadão da praia de Ipanema?! Assim a sainha poderia admirar todo aquele mar e sentir a brisa fresquinha. Ôpa, fresquinha nada! Com o calor que está fazendo aqui ainda bem que a sainha se mudou para o litoral. Agora, ela vai ajudar a refrescar as pernocas de sua nova dona, que por sinal amou a mini!!!"

11 comentários:

JULIANA disse...

e o bazar já acabou?

Pequena disse...

Não, gente, o bazar não acabou. Ainda tem coisas, mas preciso fotografar tudo e preciso achar esse tempo. O bazar é permanente. Todo dia pode ter uma peça nova que resolvi vender. Visitem sempre. E agora tem a sessão Pós-venda, que mostra a cara de quem comprou e está feliz da vida com uma pecinha do bazar. Vocês não imaginam o quanto eu fico feliz em ver minhas peças em outras pessoas. E o quanto cada pessoa dá uma vida diferente a cada peça. Acho que essas roupas aí tiveram um upgrade, juro.

Um beijo.

Monica Barros disse...

Cris o prazer em ter adquirido a sainha só não foi maior do que o prazer em receber sua doçura.

Essa troca de roupas e carinho faz um bem né!

Beijos!

Kika disse...

Gente...

Tô ficando com uma vontade de ser mignon... Vou dar uma choradinha, tá! Mas eu não era gorda não...

Eu meço 1,65 e até meus 20 e poucos anos pesava apenas 65 kl, mas aquela coisa malvada de adolescente me fazia sentir obesa... Minha mãe era uma ex-anoréxica que viu bulímica e infernizava minha vida com isso... Daí dizia que enquanto ela fosse viva, eu não seria gorda!

Dito e feito... Foi só ela "se ir" e eu fui engordando, engordando, engordando,e hoje estou com mais de 100kls!

Meu pai sempre dizia que eu tinha tipo de mignon, pois ele mede 1,80 e minha mãe media 1,77. Minha irmã, 1,74, daí, eu era a baixinha lá de casa...

Sou uma gorducha bem atípica pois não tenho seios grandes, nem mãos gordas, nem pés inchados, nem canela grossa ou papada...
Sou o tipo que quem me ver, não me dá o que eu peso de jeito nenhum! Mas eu que sei o sufoco por não entrar em nenhuma roupa em lojas convencionais... Aliás, agora a Patachou tem roupas que me servem! hehehhe

Mas ver vocês aqui, está me fazendo um bem danado, viu!

Beijos, Poderosas!

Kika

ps: para mim, antes, mignon era gente miudinha, muito baixinha e pequenininha, tipo raquítica, mas a Cris é da minha altura e vocês nas fotos, são bem saudáveis!

cri-cri disse...

ai, meu Deus! navegando pelo blog do Hoje fui assim, cheguei até aqui. Vcs até escrevem a história da saia? não tem MESMO o que fazer?

Carolina Arêas disse...

A Mônica é minha amiga e ficou lindinha de mini da Cris!

Anônimo disse...

cri-cri
só temos coisas legais a fazer!!!
sua invejosa

Anônimo disse...

Kika aposto que você vai ficar linda nas roupas da Patachou! O importante é estar bem consigo mesma.

Renata C. disse...

Tô A-DO-RAN-DO essa história do bazar gente! Na próxima leva vou ficar de olho, agora me animei!
Fofíssima a história da mini saia hein, é mesmo agora as roupas da Cris vão rodopiar pelo Brasil!

Sheyla disse...

Pequena,
Cada dia gosto mais do seu blog.
Tô amando as fotos das meninas que compram aqui no filet.
Bjs pra vc e pro Cisco,
Sheyla

Monica Barros disse...

Carol um beijo pra você!

A Carolina Arêas minha amiga é que foi responsável por eu descobrir os blogs da Cris!!